Esse povo brasileiro ignorante!

Esse povo ignorante, bom mesmo é a elite, toda sofisticada nos seus pensamentos permeados entre “mulheres ricas” e “nunca li um livro na vida”.

A mesma elite ou classe média (na maioria das vezes pobres que se acham classe média) que comenta que funk é horrível, que a música brasileira tá uma porcaria, e não há salvação para a CULTURA brasileira, que afinal na visão dos coxinhas se resume a globo esporte, funk, e sertanejo universitário. “Não tenho paciência pra cultura brasileira!”, eu que não tenho paciência com a sua falta de inteligência.

 

tumblr_m6k5vkx1MI1r5mmhlo1_1280

 

Nunca ouviu falar de Novos Baianos, a MPB não passa de Caetano, tem um olhar melancólico e triste como um passado que não tem volta pra o rock nacional, porque nos 80 foram as melhores bandas.

Se soubesse que nos anos 80 só tiveram bandas como Legião e Titãs como destaque da música nacional porque simples era moda protestar, porque a mídia viu que a ditadura e o conservadorismo extremo estavam falindo, então era mais viável bandas que protestavam. E não que não existem mais bandas que protestam. A mídia se direcionou pra isso, o negócio valia mais apena.

 

Não podemos deixar de lembrar também que o hip hop e o rap brasileiro tem uma das principais e mais preocupantes denúncias, e a elite e classe média brasileira não gosta por puro racismo.

Outra grande questão sobre as bandas é que Renato Russo, Cazuza, entre outros, eram da elite brasileira, não tinha nada de popular no que eles diziam, isso não os torna menos importantes, mas desmistifica muita coisa.

 

O mal estar pós-moderno é tanto que até a elite brasileira está sentindo ele, até eles não aguentavam mais corrupção. Curioso isso. O que vem diretamente do povo não é visto como protesto e sim como baderna, exemplo, MST.

 

A mídia ludibria tanto, que por esses dias li por um desses ‘facebook’ aleatórios que a Rússia foi o país que mais investiu na guerra, me perguntou se o sujeito sabe que foi a URSS que libertou os 11 mil sobreviventes dos campos de concentração nazistas.

 

Esse é o coxinha brasileiro, entendido em política e cultura nacional, liga a rádio esperando que a rádio vomite cultura e não quem pagou para estar ali. Ainda se revolta com as rádios que fazem isso, mas ir trabalhar de graça não quer.

 

É o típico que compartilha ‘se você odeia esse grupo, compartilhe’ e acha um absurdo os casos de xenofobia, de negação da cultura do outro, se surpreende.

Também é o que se horroriza quando lê sobre o que Israel tem feito com a Palestina, mas é o que diz “sobre o que acontece em SP, deviam matar todos os presos, devia haver pena de morte!”, afinal acha que a marginalidade é uma simples opção entre ‘sim e não’.

 

O típico contra cotas, contra bolsas, e que se queixa da violência urbana, não consegue fazer paralelo que a violência está ligada a outros tipos de violência, mas se sente “violentado” pelos impostos brasileiros.

 

O pior é que o coxinha é um homem, é uma mulher, é o filho que repete os discurso dos pais, e principalmente, é o que se acha digno de opinião pública, e essa opinião quase sempre ludibriada pelo achismo, ou pelo cientificismo artificial. Só queria entender porque enquanto alguns historiadores quebram a cabeça em doutorados para entender a identidade brasileira, esses coxinhas se acham tão entendidos sobre o assunto.

 

E pior, se sentem separados dessa cultura, desse ‘povo’, dessa nação. Onde crítica se confunde com crise de identidade.

Anúncios

Um pensamento sobre “Esse povo brasileiro ignorante!

  1. Enfim,se o povo segue ou não o que a mídia diz, ele é manipulado pela própria cultura brasileira em geral, que é a cultura do preconceito, da banalidade e futebol. Acho que a única saída deve ser expondo a opinião e argumentos para as demais pessoas, para ver se assim elas se tornam menos hipócritas e ignorantes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s