Machismo e Feminismo – As berrantes diferenças

O feminismo é radical para o povo, para o brasileiro que em geral é mais conservador, mas ele é radical porque simplesmente tem que ser.

Não tem como você erguer uma causa social sem causar impacto ou na conversa simplesmente, não tem como  você fazer as pessoas refletirem sobre aquele assunto sem um verdadeiro tratamento de choque (que a gente chama carinhosamente de revolução).

Colocarei tópicos sobre a minha posição sobre as críticas que o movimento feminista em geral recebe.

 

 

 

  • O Feminismo é irritante.

Irrita mas é necessário, irrita porque escancara a verdade constantemente, o machismo não é irritante, é um insulto.

Não só somente uma piada, é rebaixar uma população inteira (que ironicamente é maioria nos tempos atuais), então o feminismo pode irritar como uma mãe que quer o bem do seu filho ou um professor que quer seu aprendizado e te pune por não estudar, mas ele está para o bem de uma sociedade que vive de forma selvagem em prática de ideologias.

 

  •  O feminismo é como o machismo

Nem de longe, nem na China, nem um lugar algum o feminismo é como o machismo, pois o feminismo pode ser irritante e áspero mas não agride fisicamente, nem mata.

O feminismo não rebaixa os homens, rebaixa os machistas. E isso inclúi as mulheres machistas também, o machismo também impõe uma ordem na sociedade, o feminismo está apenas da busca de direitos, enquanto o machismo tira os direitos, o feminismo apenas põe, não retirando nenhum direito do homem. Apenas tirando o direito de ser desumano.

 

  •  Feministas querem ser como homens

Outro argumento no mínimo infundado. O feminismo visa uma liberdade sexual e não exatamente ser igual ao outro sexo, queremos sim termos nosso direito de tomar uma cerveja, de fazer sexo esporádico sem ser chamada de prostituta (e tem aquelas piadas idiotas do tipo “prostitutas pelo menos cobram”, então comece a cobrar também seu sexo eventual).

Nenhuma mulher que chega no ponto de ser feminista é leiga no assunto, vai querer um saco pra coçar ou um pinto pra ser invejado pela sociedade, quer apenas o direito de não ser tão moralizada pela sociedade, de sair de um casamento mal sucedido sem ser praticamente marginalizada.

 

  • Feministas odeiam homens

Todos nós (sim todos, pois tem homens feministas também) sabemos da importância de cada um, sabemos das limitações e das vantagens de ser de cada sexo.

Ninguém está em busca de rebaixar os homens, considero irônico o fato de homens lerem mensagens na internet, boatos e afins de outras mulheres como “homem não presta, homem é burro, homem é safado” e não levarem como ofensa, mas levarem como ofensa o fato da mulher ser feminista.

Primeiro precisamos discutir o que é ofensa? Ofensa é você exigir seus direitos diante de uma ideologia errônea ou sair falando bobagens por pura dor de cotovelo?

 

  • O feminismo tem a mesma origem do machismo

Talvez de todas essa seja a afirmação mais bizarra.

O machismo atual que vivenciamos tem uma orígem bíblica, a bíblia que foi traduzida da forma que quiseram (bem dizer, os próprios historiadores, antropólogos e afins acreditam que a bíblia foi mal interpretada).

Esse machismo vem dessa ideia do homem ter nascido pra Deus e para a Terra e a mulher ter nascido do homem para o homem.

Diminuindo nossa existência em estar ao lado do macho da nossa espécie. Nem os animais são assim, não entendo ainda porque seres racionais são dessa forma.

 

O feminismo nasceu de uma vertente muito diferente, veio da inconformação, da violência sofrida, da exploração. Afinal as mulheres tinham a mesma função dos homens nas fábricas na época da primeira revolução industrial, por qual razão que ganhavam menos? Por serem menos para a sociedade?

O feminismo não veio de um cunho duvidoso, veio de uma ideia concreta, de fatos concretos. E isso já dá uma bela diferenciação entre um e outro.

 

  • Feministas são lésbicas

Esse também é um dos piores, nomeiam feministas como lésbicas pelos fatos de em geral feministas serem libertadas dessa ideia de que mulher boa é apenas a que se torna mãe, essa é a grande questão. Em geral feministas querem sentir o mesmo direito dos homens em abortar, afinal aborto por aborto, camisinha é aborto também, em alguma bobagem o Papa está certo.

Se é o homem que gera vida, então quando ele se masturba é aborto também, quem mais aborta no mundo é o homem.

 

A mulher só faz aborto quando ela ovula, e ela não ter o direito de poder abortar é o mesmo do homem não poder se masturbar.

Então as pessoas concluem que lésbicas apenas não tem esse “sonho da maternidade”, outra conclusão no mínimo precipitada, não é a sexualidade que define se você quer ter filhos ou não. Também pela razão da mulher feminista ser mais independente, o que parece uma ofensa para os machistas em geral.

 

Por fim, nesse post http://cynthiasemiramis.org/2008/03/07/os-machistas-no-dia-internacional-da-mulher/

A autora ironiza com o fato do dia internacional da mulher ser um dia regado a elogios que podemos receber todos os dias e não lembrado como um dia de luta, eu recomendo que vejam o post, é excelente.

 

 

Anúncios

11 pensamentos sobre “Machismo e Feminismo – As berrantes diferenças

  1. Já vi muitas feministas fazerem exatamente isso que vc disse ser uma visão erradsa do feminismo. Igual aquela piada que diz que deus fez o homem como rascunho para criar a mulher. Acho esse tipo de raciocìnio um machismo invertido. Nem toda feminista é assim, mas ten muita que grita alto e faz a imagem ruim. Gritam coisas como: com a inseminação artificial e um vibrador, o homem se tornou obsoleto. Acho esse tipo de afirnação e pensamento tão patético como muitas visões machistas (tipo responde – se o homem deixar de exisir, não haverá ninguém para trocar a lampada). Esse tipo de pensamento só serve para atrapalhar a luta do direto das mulheres.

    • eu nunca vi feministas fazerem essas piadinhas. Pelo menos nas páginas sobre feminismo no facebook por exemplo eu nunca vi, acho que vc ta confundindo.

  2. EU: ah, olha isso pra ler depois, de uma amiga virtual minha
    https://miocitos.wordpress.com/2012/03/23/machismo-e-feminismo-as-berrantes-diferencas/
    ELA: ai, mas eu nao curto isso de feminismo, machismo
    dividir ou reivindicar po genero
    até concordo com o estudo sobre os generos, que tem tudo a ver
    mas tanto machismo qto feminismo estão com nada hoje
    sou mais do humanismo
    EU: ah, mas o texto dela fala justamente sobre isso
    do pq um não tem nada a ver com o outro
    mas tu devia ser mais grata ao feminismo
    pois sem ele, toda atriz seria considerada prostituta pela sociedade ainda
    ELA: mas eu to lendo o texto
    o que quero dizer que numa determinada época esse movimento foi mto importante
    EU: ah, já tá lendo?
    mas ainda é
    também sou humanista
    ELA: mas hoje a gente tem que lutar por uma outra coisa
    transceder essa luta entre os generos, o que acaba se transformando as vezes
    EU: fui feminsta na adolescência, kkk
    sim, mas a questão é que boa parte da sociedade brasileira ainda é machista
    assim como boa parte do mundo
    o feminismo ainda nem chegou lá
    ELA: sim, concordo
    EU: isso vale pra gente, que tem alguma cultura e é classe média
    ELA: mas volto a dizer, a gente tem que batalhar por melhores condições para o ser humano, e nao para o homem ou a mulher
    EU: sim, concordo
    mas as mulheres em geral tem condições piores que os homens
    e só agora votaram uma lei que dá multa pra empresas que pagarem salários menores pra mulheres
    e olha que tem empresas americanas e européias que fazem isso
    lugares onde a igualdade de gênero é bastante avançada
    pelo menos bem mais do que aqui
    ELA: sim, concordo que ainda há sociedade é machista, mas pra mim a gente tem que transceder essa coisa de genero, etnia, etc
    pq no fim se acaba alimentando mais essas rivalidades
    EU: sim, eu já estou nesse patamar
    e muitos de nós estamos
    mas a maioria não
    ELA: sim
    EU: então essa ideias ainda tem que ser divulgadas, eu acho
    bom, mas no texto ela tenta explicar que não é uma rivalidade, mas uma luta por direitos
    ELA: é que com certas atitudes ou falas se acaba polarizando coisas, e isso nao é saudável
    a gente só alimenta a raiva, a polarização
    é q hoje ficou algo muito marcante na minha cabeça
    a principio nao tem mto a ver com isso, mas pensando bem tudo tá relacionado
    Bom, aí falamos de programas pseudo-jornalísticos que patrocinam a violência na TV e em seguida sobre uma pessoa amiga que está sendo processada pela Lei Maria da Penha, e que todos os amigos julgam inocente, já que a acusadora é uma ex que todos dizem ser louca e de caráter duvidoso. Pra dar um exemplo da distorção de uma lei feita pra proteger as mulheres mas que pode ser usada para processar homens inocentes, pois pessoas malucas e vingativas não faltam por aí.

  3. O que eu mais tenho visto por aí não são homens machistas (que ainda existem aos montes) mas sim mulheres machistas. Isso me enoja e muito. Porque ser chamada de prostituta pela própria mãe apenas por não ter o sonho de casar e ter uma penca de filhos (sério) é revoltante. Acho que as pessoas precisam se conscientizar mais das coisas.
    Seu texto está excelente e os pontos foram muito bem abordados. Parabéns, Mari. 😉

  4. http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2012/03/video-mostra-imagens-de-briga-de-transito-entre-motorista-e-motociclista.html

    Se você visse os comentários que esse vídeo anda gerando no facebook, talvez relativizasse um pouco sua visão. Não há um feminismo, como também não há um comunismo. Há vertentes, há dissensões. Todo movimento que surge em resposta a outro, sendo uma “minoria” contra uma maioria ditatorial histórica, está sujeito a cometer seus abusos. Não é fácil. É difícil manter sempre a cabeça fria e posturas embasadas, justificáveis e “corretas” contra tanta violência. Logo, eu já vi muitas feministas (convivi dentro da universidade e convivo com algumas até hoje) deslizarem para dentro dessas visões que você criticou. Em algumas foi momentâneo, outras realmente perderam o prumo. Muitas enxergavam machistas em TODOS os homens.

    Então, não estou falando que é próprio das feministas cometerem erros e abusos, só constato que, em desvantagem social, em posição de defesa constantes contra uma sociedade particularmente opressora, é fácil ter reações extremadas. Como no racismo e no movimento negro, que também apoio, mas onde já vi MUITOS abusos e confusões. Há Martin Luther Kings… há Malcom Xs, que viveu um período totalmente separatista, não querendo nem a ajuda dos brancos não racistas.

    Mas tá certo… como historiador, eu tenho simpatia pelo movimento, adoro lutas e mudanças!

    • O problema é esse, pra todo movimento social vai ter um lado conservador que vai achar aquele defeito mínimo do movimento social e ressaltar ele acima de qualquer justa causa, isso que me irrita em geral

      • Aliás Jerri hauhau o pessoal precisa parar de achar que feminismo é simplesmente uma guerra dos sexos.

  5. Acredito que o post poderia ser melhor desenvolvido em alguns aspectos, mas de um modo geral, retratou bem alguns das tantas falácias envolvendo o feminismo. Caí no seu blog de paraquedas procurando por “videogames homofobia” e ainda tô lendo os posts antigos :B

    (ironicamente usamos o mesmo layout, uhauahaua)

    • auhauhau fucei no seu blog, curti 😀
      Eu falo de homofobia várias vezes mas nunca mesclei o assunto com games, bem curiosa essa sua busca. Nunca imaginei mesclar os dois, apesar de curtir games….estou em uma fase mais dedicada ao estudo. Well, estou te seguindo.

      • que bom que gostou (:
        sério? por experiência própria, já cansei de ouvir comentários homofóbicos de caras com quem jogava junto, e bem, sem dúvida que poder encontrar materiais que vão além e partem pra caracterização de personagens e tudo mais é bastante enriquecedor. vou continuar caçando e traduzindo material sobre isso quando puder \o\

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s