Cotidiano – aleatoriamente falando, a teoria da minha vida.

Um desses posts sem grandes ideologias, mas cheio de sinceridade.

Sabe, estava me questionando hoje, deve ser muito legal tocar o foda-se, sabe? Sair fazendo coisas sem pensar e depois quem sabe daqui um ou três dias, ou até uma semana, ou até anos depois, ter aquela ressaca moral, mas muito depois.

 

Se eu tocar o foda-se eu simplesmente me arrependo no mesmo segundo, eu não consigo desligar minha mente dos meus atos, isso é um problema porque as vezes sabe eu gostaria de me entregar totalmente ao desespero de uma situação sem ficar me sentindo idiota.

As vezes eu não me dou ao luxo disso simplesmente por saber que pode dar caca.

Nem toda a filosofia do mundo te livra da frustração de um mal entendido, isso é incrível.

 

Sabe, eu uso muito o facebook de observatório, temo muito se alguém algum dia fez o mesmo comigo err, mas enfim, eu me sinto incomodada de ser stalkeada, se você ou seja lá quem for faz isso, continue sendo um bom stalker, não me conte. A não ser que você venha compartilhar as suas idéias, ai é minha realização.

Parece que o problema é mesmo comigo, viver em sociedade sempre me rende problemas pois eu vejo muito problema de fato. Eu sei das minhas flutuações e sei que eu mudo de humor irritantemente, mas eu juro que não é proposital.

 

Eu sempre fui crítica por natureza, parece que nasci mesmo pras ciências sociais, mas eu tenho um romantismo muito aflorado também, acredite, eu me magoo fácil, mas eu quase sempre penso que não posso me endeusar tanto a ponto de achar que todo mundo deve tomar cuidados ao falar comigo, não sou tão prepotente assim.

Eu adoraria saber com qual “voz” você tá lendo isso, a minha atualmente tá bem estranha, tá rouca, efeito do carnaval.

Não entendo o quanto podem odiar o carnaval e adorar o rodeio, sério, rodeio é uma festa da celebração dos maus tratos aos animais, o ser humano é estranho mesmo.

 

Gente que me fala que o problema do Brasil é a falta do patriotismo, really? Então por qual razão tá xingando tanto o carnaval? Ser patriota é abraçar e heroízar tudo que é considerado cultura nacional não é mesmo minha gente?

 

Meu problema é não ficar quieta e não me conformar facilmente, desde sempre tenho esse problema, o que torna praticamente impossível a minha convivência com a maioria das pessoas. Ou simplesmente orgulho.

Por fim, concluo que devo virar eremita, talvez eu faça mais bem pra humanidade fora da sociedade do que dentro dela, as ideologias realmente surtem mais efeito do que a presença física, é como o número do RG, você ali, de carne e osso não vale nada, o importante é ter o número, ou seja, você virou apenas mais um número.

 

É uma forma de organizar, mas também de desumanizar.

 

Se vivemos numa sociedade capitalista, é óbvio que a falta desse capital $$$ vai gerar os problemas de ordem inclusive psicológica, não é legal se sentir excluído da sociedade, mas quando você é um eremita talvez seja uma forma ímpar, uma exceção a regra.

 

Eu tenho uma teoria que quando passamos muito tempo sozinhos, ou fazendo somente coisas caseiras procuramos mais defeitos em nós mesmos, quando ficamos mais em sociedade os nossos defeitos passam a ser problema dos outros, são os outros que tem que aguentar a nossa presença, sozinhos nos temos que lidar de frente a frente com nossos defeitos da forma mais fria e crua.

 

Se você por exemplo tem mania de não jogar o lixo do banheiro fora, com outra pessoa pode ser que ela faça isso por você, ou reclame.

Sozinho, você vai ver o negócio lá acumulando e ninguém tomando nenhuma atitude e vai se dar conta mais rápido do seu defeito grotesco, e não vai ter desculpa, nem como falar “que é implicância dos outros”.

 

A vida eremita deve ser complicada nesse aspecto, pensando bem.

 

 

Esses dias eu estava cozinhando quando cortei meu próprio dedo, foi em um ponto meio estratégico e um tanto profundo o corte, minha mão do nada fico coberta de sangue, senti minha pressão cair, pensei “caralh….se eu desmaiar? Tem coisa no fogo e eu to sozinha”,  tive que abaixar no chão e esperar as coisas pararem de girar sabe?

 

Ai eu pensei, fazer drama também não funciona sozinho, não tem ninguém pra ter dó de você.

 

Quem sabe uma divindade?

 

Enfim, prometo (a mim, afinal duvido que esse post seja lido de fato por outros), que colocarei mais objetividade no próximo post e um tema central, mas ainda sim isso daqui é minha terapia. Me sinto falando com alguém, embora a escrita sempre é mais rica, certamente falando eu não “falaria” tanta coisa. É isso.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Cotidiano – aleatoriamente falando, a teoria da minha vida.

  1. Até parece que eu não ia ler! x= HUAHUAHUA

    Sabe que eu gosto quando você faz esses posts assim? Falando de você e tals?
    *_*

    Enfim, esse negócio do drama sozinho é bem assim, a gente tem que se virar ou as coisas podem complicar, isso já me deixou emada! HUAHUAHUAHUA

    Só passando pra dar um oi aqui também! xD

  2. Certamente você não falaria tanto se estivesse “falando” realmente. Uma das coisas boas de você ler o blog da sua amiga é pode “ouvir” sem você mesma interromper os pensamentos dela, e sem correr o risco de intimidá-la com olhares que ela poderia interpretar como censura.

    Sou bastante solitária, e foi com o tempo que percebi que sou assim por uma escolha pessoal. Gosto de conviver comigo mesma, por mais insuportável que eu seja. Acho que também atribuo a isso o nome de egoísmo.

    Não diria nada se não fosse sua amiga, gosto da sua presença, vivo te provocando de propósito, só pra fazer você mandar tomar no c* xD E espero o mesmo, sabe. Gosto dessa sinceridade bruta com que você expõe os pensamentos, torna tudo muito mais simples e mais humano. =) Então continue me falando das sua idéias, por mais que pareça que eu me irrite com elas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s