Finalizou

Assisti Harry Potter ontem com alguns amigos, foi incrível, e aquela sensação de perca enorme né.

“Fã que é fã”  sabe.

Spoilers abaixo.

Eu tava pensando, se fosse o Alfonso Cuarón que dirigisse esse sétimo filme? Ele foi o diretor do terceiro, um dos meus favoritos, acho ele genial, porém ele é todo perva.

Imagino a cena do beijo entre Ron e a Hermione o que ele não ia transformar, ia ser tipo aquelas cenas de novela das 8 misturado com across the universe, uma coisa toda selvagem e psicodélica.

 

Acho engraçado como as pessoas (principalmente os leigos em Harry Potter) apenas associam Harry Potter a magia, até concordo com a fantasia do livro te faz “flutuar” na imaginação, é perfeito, mas Harry Potter talvez seja o herói mais humano que eu já li.

Ele tem ciúmes, raiva, tristeza, alegria, inveja, orgulho, tudo, tuudo que um mero mortal sente ao passar dos livros ele sente.

 

E o melhor, os amigos dele chegam a ser tão incríveis quanto o próprio personagem principal, tornando a coisa mais real, cada um com sua particularidade, aliás não só os amigos, os demais personagens.

 

J.K. Rowling é ótima, principalmente em sair de clichês, em sair de herói perfeito, de herói vingativo, de herói que fica com a mocinha no final, de herói que ganham sozinho a batalha.

Ela sai completamente desses clichês e isso e mais a porrada de conteúdo que os livros tem (que na boa, se a pessoa não tiver um mínimo de cultura não desce) faz os livros serem tão especiais e a série ser tão valiosa.

 

Ai as pessoas vem dizer que elas fez pacto, querem comparar com twilight (só por ter repercutido) e afins, idiotice.

O nível culto de J.K. é incomparável. É por isso que ela se destacou.

 

Se você for uma cabeça oca, lógico que não vai gostar de Harry Potter, só os fetiços com nomes em latim provavelmente já vão cansar sua beleza, a mitologia, até a sociologia que existe no livro nem vão ser notadas.

Provavelmente não vai notar que um livro é ligado ao outro e isso não implica em sequências, mas sim em ligações que podem acontece entre o segundo (a câmera secreta) e o sexto (príncipe mestiço) e se você não lê de forma crítica e atenciosa, nunca vai se ligar.

 

É preciso ter um nível intelectual a mais do que o esperado para ler Harry Potter, coisa que não é comum para um livro classificado como juvenil.

 

Eu lembro das primeiras vezes que li Harry Potter, penei, tinha apenas 11 anos, mais da metade do vocabulário do livro eu não compreendia, palavras simples como “corar” eu tive que procurar o significado.

Acho que é essa a mágica do livro, como ele desperta nossa curiosidade, nossa sede pelo mais, pelo saber.

 

Não existem comparações com algo que é único.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s