Post resposta para o blog “Negócio de menino”

“Comediantes não merecem prisão, Rafinha Bastos sim.”

O Link do post que eu achei assim, excelente, e estou meio que “respondendo” aqui.

O que eu posso dizer é basicamente uma repetição do que a autora do post disse, essa razão irracional, o tal do iluminismo eclipsado, é tão presente na sociedade quanto podemos acreditar.

Como algo pode ser racional e sem razão ao mesmo tempo?

Simples, muito simples, essa atitude do Rafina Bastos é uma razão irracional, o cara usa da comédia, o meio mais poderoso de atingir a politica e a sociedade para fazer um comentário irracional, ele usa da razão (comédia) para algo irracional, para desfavorecer um grupo da sociedade, e isso acontece o tempo todo no Brasil.

Eu sempre achei o pessoal do CQC com potencial para atingir a política, mas o ego deles sempre foi mais forte do que a “missão” encarada por eles.

As pessoas que acham que os políticos devem receber o mesmo tratamento que um perseguido na ditadura (só que ao invés de militares, repórteres os donos da informação) não está muito diferente dos ditadores.

Primeiro porque desumanizam a pessoa de uma tal forma que por mais filha da p…que a pessoa seja, não é o correto.

Como eu disse no meu post anterior,sobre a sociedade da imagem, se a nossa vida tá um cocô hoje em dia culpar somente a política é o pior meio que existe, a sociedade inteira desde o mais miserável tem a sua parcela de culpa.

Então temos os caras que mais podem atingir esses políticos, afinal se tem gente ali representando uma população inteira é completamente normal cobrarmos essas pessoas, conseguem ser tão idiotas quanto.

Como falou a autora do post muito bem, é inadmissível um retrocesso hoje em dia, mas o perigo disso acontecer é tão evidente quanto imaginamos, retrocessos acontecem demais.

A mulher na mesopotâmia por exemplo podia casar, separar, casar de novo, sem ser julgada, podia trair sem ser morta e até era comum ela ser perdoada por isso, e coisas do tipo que na era medieval teve um retrocesso.

Parece absurdo, mas se eu disser que no código de Hamurabi (Babilônia) já eram incluídos direitos para as mulheres que só praticamente no mundo atual reconquistamos?

Acham que isso é difícil isso acontecer de novo? Não, é muito fácil na realidade, basta uma ideologia dessas de “razão irracional” tomar conta da população novamente.

Não é necessário um pensamento mágico do estilo religião pra isso acontecer, basta idiotas como o Rafinha Bastos tomarem conta dos meios de comunicação e pronto, tudo que o feminismo conquistou a muito custo vai pra gaveta pra quem sabe daqui umas 4 ou 5 gerações voltem a ser citados.

Os meios de comunicação são uma fonte de controle da massa mais assustador do que imaginam, afinal acham que Hitler conquistou a Alemanhã toda com a ideologia nazista dele como? Só com aqueles discursos em meio a multidões?

Não, ele usava o rádio, que é um meio de comunicação que passa tanta intimidade para quem ouve, parece que o lucutor está lá do seu lado, tendo uma conversa com você ouvinte, não parece que ele está em um estúdio, isolado, falando com milhões, parece que é pra você, com você.

Foi assim que ele persuadiu os alemães.

O twitter atualmente tem essa função do rádio, mas de uma forma diferente, ele passa uma linguagem muito pessoal, da a impressão que é diretamente pra você, você sabe os hábitos da pessoa pelo twitter, acaba até se a pessoa passa muito tempo entre um tweet e outro, sabendo a rotina da pessoa.

Ele desperta nosso imaginário com o locutor do rádio descrevendo algo.

Então o twitter é sim um meio de comunicação com grande força de persuasão, e se usada dessa forma, vamos ter retrocessos, infelizmente.

Pensa na Alemanhã, berço de grandes pensadores, humanitários aliás, um radio, um cara que sabia tocar na ferida da população, e uma guerra, no país de pensadores como Karl Marx.

O que um idiota como o Rafinha Bastos pode fazer? Muita coisa, e o tal humor inteligente do CQC?

Eu não sei o que a população brasileira julga por inteligente, mas um humor que desfavorece uma grande (maioria aliás) parte da população não é nada inteligente.

Pensando bem, nós brasileiros não sabemos o que é liberdade de expressão, achamos que isso que esses caras do CQC fazem não é incorreto pela liberdade de expressão que temos direito de ter, e achamos que uma pessoa virar pra você e falar “que não gosta de você” é ofensa.

Ué, liberdade de expressão é você poder se expressar, seja da forma que for, independente se vai agradar ou não, mas você prejudicar um grupo da sociedade, não é liberdade de expressão, é sabotar esse grupo.

A imprensa brasileira é a pior do mundo no quesito de massacrar uma celebridade quando preciso, isso é verdade, ai muito se fala em Bullying, mas isso é praticamente um Bullying, mas a imprensa pode, afinal, liberdade de expressão né?

É muito ruim quando essa liberdade se torna apenas ter o direito de ofender. O Brasil tem muito a aprender com os EUA, que apesar dos brasileiros ficarem metendo o pau por causa das guerras, é o grande entendedor desse assunto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s